}

quarta-feira, 21 de março de 2012

CARÊNCIA


Quem não gosta de ser amado? Se Receber atenção especial? Quem não gosta de beijo na boca e abraços apertados? Quem prefere a solidão a uma boa companhia?
Nesse mundo maluco e agitado, as pessoas estão se encontrando hoje, se amando amanhã e entrando em crise depois de amanhã.
Uma coisa frenética e louca, que tem feito muita gente que se julgava equilibrada perder os parafusos e fazer muita besteira. Paixão, loucura e obsessão, três dos mais perigosos ingredientes que estão crescendo nos relacionamentos de hoje em dia por causa da velocidade das informações e o medo de ficar sozinho.
As pessoas não estão conseguindo conviver sozinhas com seus defeitos, vícios e qualidades e partem desesperadamente para encontrar alguém, a tal da alma gêmea, e se entregam muitas vezes aos primeiros pares de olhos que piscam para o seu lado.
Vale tudo nessa guerra, chat, carta, agência, festas. É uma guerra para não ficar sozinho. Medo, medo de se encarar no espelho e perceber as próprias deficiências, medo de encarar a vida e suas lutas. Então a pessoa consegue alguém
(ou acha que está nascendo um grande amor), fecha os olhos para a realidade e começa a viver um sonho, trancado em si mesmo, transfere toda a sua carência para o(a) parceiro(a), transfere a responsabilidade de ser feliz para uma pessoa que na verdade ela mal conhece.
Então, um belo dia, vem o espanto, vem a realidade, o caso melado, o “falso amor” acaba, e você que apostou todas as suas fichas nesse romance fica sem chão, sem eira nem beira, e o pior: muitas vezes fica sem vontade de viver.
Pobre povo desse século da pressa! Precisamos urgentemente voltar o costume “antigo” de “ter tempo”, de dar um tempo para o tempo nos mostrar quem são as pessoas.

30 comentários:

  1. Andamos carentes: principalmente de nós mesmos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Vonder querido


    Concordo muito com seu texto. Estamos deixando momentos que poderiam ser maravilhosos passar por causa da falta de tempo... O mundo anda mesmo muito corrido e em algumas épocas de nossas vidas achamos que estamos perdemos minutos preciosos quando resolvemos dedicá-los a nós mesmos, mas na realidade o tempo que dedicamos a fazer o que nos agrada, nos dá prazer, nos trás satisfação pessoal e o tempo mais bem vivido do mundo...
    Também concordo que temos que voltar a ter tempo pra vida, ou então ela passa sem que a gente perceba.


    Um lindo dia pra você!
    Ani

    ResponderExcluir
  3. Thank you so much for your loyal reading of my blog. I apologize that I do not speak Portuguese, so this comment has been a long time coming! I hope that I can continue to inspire you on a regular basis. Wishing you all the best...
    Kat

    ResponderExcluir
  4. Esse foi um tempo que findou!

    Hoje vivemos num autêntico carrocel!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Escondo-me por entre palavras, mas a verdade é que eu sou assim mesma como vc diz nos teus escritos... "carência" minha triste companhia!

    bjs"

    suas palavras sempre me fazem viajar!

    ResponderExcluir
  6. Meu querido linda reflexão...
    eu ando em uma correria só, há algum tempo que venho percebendo que preciso diminuir o fluxo!
    Acho que tem tanta beleza no dia a dia, que a correria não deixa ver...
    Que se olharmos pra as coisas com mais beleza, o mundo torna-se mais belo.
    Um doce fim de semana!
    Um beijo enorme.
    Lorena Viana
    pequena-prendiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Um relacionamento só tem chances de realmente dar certo quando há liberdade e auto-suficiência dos dois lados.

    Hoje a solidão e a tristeza são encarados como crime. E isso está nos tornando mais tristes e sós.

    ResponderExcluir
  8. Bacana a sua escrita.
    Delegar a nossa felicidade para outra pessoa..frustração na certa.
    Temos que saber conviver primeiro com o nosso EU.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só completando..é muito bom ter alguém pra dividir...o que não se pode é se anular em prol desta pessoa... os dois caminhando juntos, mas respeitando as suas individualidades..

      Excluir
  9. Parece que as pessoas estão esquecendo do amor, da gentileza, e que uma boa companhia faz toda a diferença na vida.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. O mundo está carente .

    Bjuuu e boa semana !

    ResponderExcluir
  11. lindo texto..cose chorei..... muito emocionante
    e ultimamente as coisa anda assim mesmo muitas pessoas carentes
    e muitas pessoas com medo de perder umas as outras..mais a vida e assim mesmo ne
    altos e baixos sempre..caindo e levantado..mais sempre aprendendo..xauzinho

    ResponderExcluir
  12. Que lindo post! Gostei muito do texto! E quero mais uma vez te agradecer pelo seu comentário em meu blog, que mais uma vez me deixa com o coração grato.

    Boa semana para vc! Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá amigo,

    Visualizei seu blog, ocasionalmente. O observei de alto a baixo.
    Teus textos são bastante actuais e encerram verdades inabaláveis.
    Esse, intitulado carência, está muito bem escrito e repleto de reflexões.
    "O século da pressa", achei piada. É verdade, anda todo o mundo numa correria, e nem percebo bem para quê.
    O desespero, o medo de fdicar só, faz com que as pessoas se entreguem de alma e coração, ao primeiro(a) que aparece.
    E depois de tudo, fica o nada.

    Boa semana.
    Abraço.


    afectosecumplicidadesblogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Meu querido, meu poeta... passando pra desejar uma semana repleta de paz e harmonia!
    Um beijo enorme.
    Lorena Viana
    pequena-prendiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. passando pra deixa um oieeee
    e te desejar uma otima noite...
    xAzinho bjss

    ResponderExcluir
  16. podes não acreditar mas deixas-me sempre com uma lagrimazinha ao ler os teus comentáRIOS...
    UM BOM DIA :)

    ResponderExcluir
  17. fico completamente sem palavras cada vez que me deparo com cada palavrinha que deixas no meu blog:`) não tenho palavras para te agredecer tamanha docura. muito muito obrigada do fundo do coração.

    ResponderExcluir
  18. Nossa! Já havia parado pra pensar nisto, na pressa da sociedade, que antes não tinha relógio e tinha tempo pra tudo, e hoje o possui e não tem tempo pra nada.
    Mas apesar de entregar seu coração, á alguém que não pretende te amar, doí sei que doí, mas esta magoa acaba que por te ajudar á crescer como pessoa e como ser. Agora vai de você, usar tal sofrimento para teu próprio bem e erguer a cabeça e seguir em frente, acreditar, que por mais difícil que seja um dia você irá encontrar a tua alma gêmea, eu acredito. Espero não estar enganada.

    ResponderExcluir
  19. É verdade, são poucos os que conheço que não carregam esse medo de estar só. Já fui assim, mas hoje convivo bem com a solidão, ela pode ser nossa amiga. Assim como disse Fernando Pessoa “A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.” O único problema é que a solidão pode viciar, sim a solidão vicia rsrs.
    Beijos :D

    ResponderExcluir
  20. Muito bonito , fiquei pensando..........não suportar viver consigo mesmo e buscar alguém .....com esse modo de pensar que acabamos nos ferindo neah !!!!
    Adorei !!!
    Bjs Patrícia
    patriciajorge.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Ah que legal!
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. É como o Pe. Fabio de Melo fala: antes tinhamos que escolher um modelo de vestido, comprar o tecido, leva-lo a costureira e esperar até o vestido ficar pronto para poder usa-lo. Agora é só chegar numa loja e pegar um, sem nem escolher muito, sem nem gostar, sem nem a intenção de usar...
    Temos mesmo que dar tempo ao tempo, em todos os sentidos da vida.
    Obrigada por sus visita e suas palavras, já estou seguindo seu blog e lendo seus posts. bjs

    ResponderExcluir
  23. Em primeiro lugar temos de ter um caso de amor connosco. Só sendo os nossos melhores amigos é que poderemos receber o amor de outrem e corresponder duma forma autêntica. As carências podem resultar duma inexistente auto- estima.

    ResponderExcluir
  24. http://pensador.uol.com.br/autor/augusto_branco/3/

    http://pensador.uol.com.br/autor/augusto_branco/

    ResponderExcluir
  25. Oi! Texto muito bom esse viu! Tenho carência de pessoas verdadeiras, gentis, amáveis, e sobretudo, carência de mim mesma. Obrigada pela visita, venha sempre! Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Passando para contemplar seus lindos escritos, beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  27. Ah pessoas verdadeiras estão cada vez mais raras, concordo com Benedita(Anita). ótimo texto, amigo.

    ResponderExcluir

# OBS. Comentário feito de forma desrespeitosa, ofensivas e anonimas serão excluídos... Desta forma sejam todos vem vindo!

SEUS COMENTÁRIOS SERA SEMPRE BEM VINDO....LEVANDO EM CONTA QUE É ATRAVÉS DOS TEUS COMENTÁRIOS QUE ESTE BLOG TENDE A MELHORAR CADA VEZ MAIS.