}

sábado, 19 de setembro de 2015

Novos rumos




É impossível a gente buscar um esconderijo para fugir de algumas verdades. Elas são espertas, e sabem direitinho onde procurar. E nos acham, para nos colocar frente a frente com aquilos que queremos fingir que não existe.       Em outras palavras: Não da pra deixar pra lá.
A vida acontece desde que demos o 1º passo, e todo o tempo é precioso de mais, já que o amanhã é uma incógnita.
Por isso, não interessa o que os outros possam pensar, dizer ou fazer...
Nós precisamos buscar nossos limites máximo, não apenas boiar a deriva, ao sabor da correnteza ou de má vontade de apanhar uma onda e deixar-nos levar.
Só assim tornaremos lideres de nós mesmos, por buscarmos novas realizações.
Sempre que possível devemos nos lembrar... Não é preciso buscar atenção naqueles que não enxergam seu valor. Pois o importante é compartilhar e construir sentimentos bons no coração e não temos o dever de fazer ninguém enxergar isso e nem nos machucar por que aqueles que não conseguem enxergar suas qualidades, este por si não se tornara um grande líder de si mesmo.
Afinal faz parte da personalidade de um líder buscar permanentemente novos desafios, pois a falta de liderança é o que pode provocar inerência de pessoas, organizações e povos...
Sendo que viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé um trampolim para novas realizações e inspirações maiores, é buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para sermos felizes, desde que mantenhamos atitudes positivas com relação aquilo que iremos fazer.

8 comentários:

  1. Belo texto! Ótimo final de semana!!!!!!!!!!!! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Disse tudo, a verdade sempre está ao nosso derredor, não dá para fugir dela, por mais que ela as vezes é dura demais para a gente suportar... =/
    Eu sempre priorizo as minhas vontades e desapego daquelas pessoas que não me fazem feliz... No começo é difícil seguir por novos caminhos, mas quando vale a pena, acabou... Seremos felizes e realizados. ^_^
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  3. Gostei da postagem.
    Em primeiro lugar temos que amar a nós para depois, com cuidado, amar outros. Digo cuidado, pois a maioria das pessoa são más e temos que ter cuidado.
    Ficar num barco à deriva é aquele que não se "estabelece" e fica pedindo favores aos outro, são os sanguessugas. Eles perdem a sua personalidade e o respeito de si mesmo.
    Outrossim, perde o seu eu para ser puxa-sacos, ou seja, é uma pessoa subserviente.
    Beijos no coração
    minicontista

    ResponderExcluir
  4. As verdades sempre aparecem em algum momento,escondê-las como diz minha amiga Dorli,é como um barco à deriva.
    Temos que ter o discernimento de sermos leais em nossas palavras,e procurarmos esses desafios,sempre com verdades.
    Abraços e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. A verdade acabará sempre por chegar.

    r: Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  6. A vida sem verdade, não é vida, é farsa! Repare... kkkk

    O Sibarita

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. O "desapego" nos leva a "novos rumos".
    Estava lendo o teu texto e relacionei teus dois títulos. Sempre queremos ou precisamos de novos rumos, queremos ou precisamos nos desapegar.

    ResponderExcluir

# OBS. Comentário feito de forma desrespeitosa, ofensivas e anonimas serão excluídos... Desta forma sejam todos vem vindo!

SEUS COMENTÁRIOS SERA SEMPRE BEM VINDO....LEVANDO EM CONTA QUE É ATRAVÉS DOS TEUS COMENTÁRIOS QUE ESTE BLOG TENDE A MELHORAR CADA VEZ MAIS.